segunda-feira, 20 de abril de 2009

"hãs" & "ois"

Desde miúdo, mais na escola do que propriamente em casa, sempre me ensinaram a não responder com “hã”. Era feio, ficava mal, dava ares de bronco. Assim sempre procurei substituir tal expressão, por um “diga”, “desculpe”, “perdão”, ou até por uma simples expressão de olhar, “hã” é que não. Tive até uma professora no quinto ano que dizia que chumbava quem respondesse dessa forma. Depois de toda essa formatação, surpreende-me o uso de outra expressão que é recorrente devido aos tempos mais recentes. Os nossos parentes do Brasil têm a tendência ao “oi”, e sempre que oiço isso soa-me tão mal. Quando contactamos e dizemos qualquer coisa que não percebem lá sai o “oi”. Será que não têm outra expressão? É que o “oi” soa-me a versão do “hã”.
PS: É claro que este "oi" não tem nada a ver com o "olá!".

Sem comentários: