terça-feira, 19 de maio de 2009

Sinto-me...

...mórbido, mal, desprovido de qualquer forma de energia, de qualquer modo de estar. Não quero fazer nada, nem pensar em nada. Não há nada que me seduza nem me alegre. Se calhar morri e não dei por nada, sinto-me vazio, sem ar, sem vida. Quando penso no amanhã esqueço-me que ele virá, o momento é apenas agora e parece que se vai repetir para sempre até ao final da existência, contudo espero que o amanhã seja melhor que hoje, mas tenho poucas esperanças que o mesmo o seja. Hoje estou claramente deprimido.

1 comentário:

Rapunzel disse...

ha tantos dias assim que não deveriam de existir...