terça-feira, 14 de julho de 2009

E vou pela calçada quando...



...alguém com quem me ia cruzar, prende um salto no passeio, cai para a frente, agarra-se a mim, alarga-me a T-Shirt e eu, que ia completamente distraído instintivamente dei-lhe as mãos, sem saber ao certo onde as metia e aparei a queda, pensando por momentos, antes de ver uma dentadura a cair no chão, que seria alguma menina bonita que me tinha caído nos braços e que, por força do destino, este enfant tinha salvado de se estatelar no chão e esfolar os joelhos!




Pois, fiz a boa acção do dia, recebi muitos agradecimentos, soube que era parecido com um neto e ainda que alguém não tinha vesícula e sofria de hemorróidas, tudo informações pertinentes para mim, que depressa me tiraram vontade de perguntar se não haveria alguma neta…

12 comentários:

HannaH disse...

lool! quando comecei a ler o teu texto tb pensei que era uma mulher de sonho, mas afinal era uma velhota com dentadura, ihihihih.

S* disse...

ai deus do ceu!! Estas senhora são mesmo faladoras. :D

Mas parabéns pela boa acção do dia.

Hermione disse...

é a chamada boa acção do dia :)
beijinho

*B* disse...

Oh querido Enfant! Realmente... =(

Mas eu acredito, aqui no fundo do meu ser, que essa menina bonita vai cair nos teus braços quando menos esperares...

Tu mereces =)

[é claro que nem tudo cai do céu, mas também não é preciso do céu, basta numa calçada ;)]

Patrícia disse...

AHAHHAHAH! Mas que bem! Também já caí um porradão desses e fui amparada por um velhote.

Olha que há males que não são hereditários. A neta devia ser bem gira, caso realmente existisse.

E uma avó é sempre a melhor pessoa para nos servir de intermediária. Muito melhor que uma mãe!

Bafejada pelas Musas disse...

LOL adorei, juro que já estava a imaginar algo de filme, uma cena mesmo romântica. és mau, frustraste m as expectativas:D****

Le Enfant Terrible disse...

*B*
Só requerer às autarquias a construção de calçadas até perder de vista!

Patrícia
Pois se calhar havia, mas acho que para saber isso tinha de ouvir a história toda a vida da senhora e como levava o guarda-chuva...

Bafejada pelas Musas
Frustei as tuas expectativas e as minhas!

PEDRO PINA disse...

lindu!
mas e.....a t-shirt?!

Le Enfant Terrible disse...

Pedro sê bem vindo!
Pois a t-shirt ficou assim para o folgado, acho que já não volta a ver a luz do dia!

Miss Yellow disse...

sou nova aqui.. decidi conhecer o teu blog.. espero que não te importes..

Bom, considera-te uma pessoa de sorte.. eheheh, podias ter de ir acompanha-la até casa para tomares um chazinho como forma de agradecimento. eheheh

Não , mas ao fim de contas são uns doces as velhotas,e só precisam de algum carinho e atenção, coisa que nunca ou quase nunca têm , e claro, que as ouçam ;D

Le Enfant Terrible disse...

Miss Yellow
Não me importo nada, está à vontade e sê bem vinda a este modesto blog!

Miss Yellow disse...

Obrigada =)

não vou perdê-lo de vista ;D