quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Filhos únicos!


Estou constantemente a ouvir e a ver dos outros reacções sempre que revelo que sou "filho único". A maioria das vezes dá-se um - Ah, isso explica muita coisa!, pois só gostava de saber o quê! Aparentemente ser "filho único" transporta consigo uma série de conotações negativas e gera um espanto uniforme como antigamente quando alguém dizia que não era crente ou coisa do tipo e logo alguém se benzia e recolhia os filhos para casa sempre que dita personagem passava. Ok, não exageremos, mas a reacção aos "filhos únicos" parece ser, de modo mais leve, parecida. Diz que quem é "filho único" é mimado, só pensa nele próprio, é narcisista, tem mau vinho, enfim só virtudes que interessam a todos. Contudo é curioso que, pelo menos no meu caso, só o descobrem depois que digo e então dá-se a confusão naquelas cabecinhas que me inquirem, procurando de algum modo um qualquer defeito, que como qualquer humano possa ter, independentemente de ser ou não "filho único", para justificar o mesmo pelo facto de os meus pais não terem paciência para aturar outro Pirro como o primeiro que por aqui anda, o que só demonstra sabedoria no aproveitamento de recursos. Certo é que já conheci muita gente, bons, maus, assim-assim, de tudo um pouco, uns com irmãos, outros não e em qualquer dos casos pode-se dizer que há de tudo, aliás até podia citar a história bíblica de Abel e Caim, este último um "belo" espécime que não era filho único, pronto está bem queria a toda a força sê-lo! Acho que daqui para a frente vou começar a fazer uma profunda exclamação quando alguém disser que tem irmãos – O quê? Tens irmãos? Hmmm, isso explica muita coisa!

15 comentários:

mafalda disse...

sofro do mesmo mal. curiosamente sempre que conheço alguém dizem-me: "és filha única não és? eu vi logo!" irrita-me!

L'Enfant Terrible disse...

mafalda
Sê bem vinda a este blog!

100 remos disse...

Eu não sou filha única. Mas se fosse,possivelmente seria igual a mim.

Pochinha disse...

Lol! Por acaso acho que o facto de as pessoas dizerem frequentemente "Isso explica muita coisa" é apenas um reflexo de querer fingir que sabe e percebe.

Eu pelo menos tenho esse instinto, embora o tente ir contrariando... (Não será isso, no entanto, que estou a fazer agora? =X)

Simplesmente, o Homem é demasiado complicado para se medir em linhas tão simples! Mas de qualquer maneira acho que só o facto de eu ter sentido necessidade de comentar e dar a minha opinião já mostra que pelo menos eu sofro desse mal... (E no entanto continuo a escrever... >.<)

Mas achei piada às últimas frases. Eu tenho um irmão, o que se calhar 'explica muita coisa' a meu respeito. O quê exactamente não sei, será para os outros decidirem! xD

bj

Pecansis disse...

Sofro do mesmo problema e nunca consegui perceber por que raio as pessoas lançam a expressão "isso explica muita coisa".

Quer dizer só descobrem os defeitos depois de saberem que sou filha única? Será uma espécie de clique que se liga naquele momento?

Enfim, sou filha única, sou como sou e se tivesse um rancho de irmãos ia ser exactamente da mesma maneira. bjs

p.s.: não fazia ideia que eras filho único.

ADEK disse...

Eu, como não transmito (MT! XD) essas características preconceituosas que referiste, normalmente levo com um "És filha única?? Não pareces nada!". Não sei o que é pior... Parecer ou não parecer. De qualquer forma parece-me que vai dar ao mesmo... Levamos com a mesma frase feita o tempo todo... Enfim!:)

a estagiária disse...

Também pertenço a esse clube.. e pior que fazerem esse tipo de ideias pré concebidas sobre nós por sermos filhos únicos é dizerem "que sorte"..

Sorte não vejo em quê..

GATA disse...

1. JOIN THE CLUB!

2. Eu também sou filha única… ou melhor, exemplar único, porque quem fez este magnifico espécime não fez nem fará outro semelhante e muito menos igual… e sim:
- sou mimada: adoro miminhos!
- só penso em mim: não só mas também!
- sou narcisista: se eu não gostar de mim, quem gostará?!
- tenho mau vinho: não, tenho muito bom vinho, tanto nacional como estrangeiro, não tarda tenho uma adega! :-)

E -muito importante- tenho mau feitio! Mas, no fundo, sou boa pessoa porque (para mal dos meus pecados) tenho bom coração… damn it! :-)

L'Enfant Terrible disse...

GATA
lol, realmente esqueci-me de mencionar o mau feitio, característica que também me define por vezes, a qual deve ter tudo a ver pelo facto de ser filho único!

мα∂αℓєηα disse...

Olha a mim fazem-me a mesma observação quando eu digo q somos 7 irmãos...lolol "ah...isso explica muita coisa".......
Acho q as pessoas gostam é de criticar ;)

Patrícia disse...

Digo o mesmo. Conheço vários filhos únicos e não encontro dois com as mesmas características. Encontra-se de tudo: egoístas, mãos largas, timidos, sociáveis, extravagantes, comedidos, etc, etc.

Out of the blue disse...

Eu também sou... e talvez tenha por vezes um bocadinho de mau feitio, mas no fundo acho que disfarço bem porque ainda ninguém "me acusou" de ser "filha única". Mas a verdade é que tenho pena, adorava ter uma quantidade de irmãos, mas fazer o quê? Este é um dos casos em que nada podemos fazer para mudar...

Kikas disse...

olha, eu sou filha única e de mimada e mal-habituada não tenho nada! normalmente, têm tudo o querem e tudo e tudo.. não depende dos filhos, depende dos pais! de mimada não tenho nada, nadinha.

L'Enfant Terrible disse...

Madalena e Out of blue
Sejam bem vindas a este blog!

Rapunzel disse...

Eu tb sofro disso...