sábado, 31 de outubro de 2009

...


Por vezes agarramo-nos a certas coisas e estamos continuamente a pensar nelas por receio de as esquecer, com medo de as perder, porque sentimos que esquecendo ou perdendo ficaríamos mais vazios, mais pobres, mais solitários…

…mas quem sabe, mais libertos…

12 comentários:

Anna disse...

Bem verdade... Muitas vezes, o nosso medo resume-se a perder "a ideia" de algo, e nem tanto a pessoa ou a situação em si... Se esquecermos, no seu local ficará o vazio... e esse, sim, é bem pior que a lembrança...

Mais libertos? Sim, definitivamente! Mas até que ponto é que conseguimos fazê-lo?...
*

Girl in the Clouds disse...

Eu acho que mais libertos.....definitivamente!! Não podemos ser muito agarrados!! Uma característica talvez portuguesa que eu não aprecio muito!!
Ficamos tão agarrados, que não vemos algumas coisas que nos passam à frente e que podem ser uma nova oportunidade....Kiss

maria teresa disse...

Depende do que não queremos esquecer...

100 remos disse...

"And high up above or down below
When you're too in love to let it go
But if you never try you'll never know
Just what you're worth"
...de uma das minhas canções favoritas de sempre - Fix you Coldplay

S* disse...

Eu agarro-me demasiado - sempre demasiado - às pessoas. :)

Out of the blue disse...

É isso mesmo... concordo com "100 remos", e acrescento ainda "if you love someone let it go, if it's yours it'll come back, if it doesn't, it never was"... por vezes custa pôr em prática mas é bem verdade!

Kikas disse...

estou como a S*.. também me agarro demasiado!

P' disse...

Amei , dizes tudo duma forma tão sincera +.+

L'Enfant Terrible disse...

P'
Obrigado e sê bem vinda!:)

erranteUno disse...

realmente ... o medo d perder algo e' tão grande que esquecemos tudo o resto e a fixação torna-se tão grande que quase prejudicial

L'Enfant Terrible disse...

erranteUno
Sê bem vindo!

Corset disse...

sem dúvida nenhuma: mais libertos, mesmo que custe!