quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Abordagens

As abordagens podem surgir do nada, de improviso, embora essas, por não serem pensadas nem estudadas podem levar ao problema de alguém a aceitar e lançar-nos um desafio, o qual, se não estivermos preparados pode deixar-nos encavacados a meio do percurso e como tal a “abordagem” não surte efeito. Mas também há a abordagem pensada, planeada, em que se prepara um discurso cuidado e se tenta prever as várias reacções, a resposta está pronta, o problema é estas demoram muito tempo a serem efectivadas, tanto que quando chega o dia “D” já há concorrência que avançou uns três ou quatro passos e como tal a “abordagem” e todo o trabalho de fundo gora-se. Em qualquer dos casos uma “abordagem” pode-se saldar de quatro formas: corre bem(uhu!), corre bem mas sem efeito (quando nos dizem com um sorriso que até somos simpáticos mas não), corre mal (não!), ou corre mesmo mal (ouvem-se gritos histéricos de socorro e dois polícias a correrem rua abaixo).
Com todo este cenário haverá coisa mais difícil que uma “abordagem”?

8 comentários:

Girl in the Clouds disse...

Nem sempre conseguimos ter uma reacção imediata com abordagens não planeadas!!Podemos deixar escapar algo importante!!

mafalda disse...

loool acho que voces homens pensam demais... desde q tenha havido uma troca de olhares porque nao uma abordagem???

ADEK disse...

O próprio conceito não é dos mais fáceis... Mas depende sempre do ponto de vista. As que correm melhor são aquelas em que sentimos que não temos nada a perder, right?*

miúda gira disse...

Há várias coisas mais difíceis que isso mas que agora não interessam nada!Não achas que pior que uma abordagem que não corre bem é a questão ficar a pairar na cabeça indefinidamente? Isso é muito pior, digo eu...

Anira the Cat disse...

mas a coisa tem de começar de alguma maneira, né?

Anónimo disse...

Penso que existe uma coisa mais difícil que uma abordagem... receber uma "NEGA" a essa mesma abordagem!

Mona Lisa disse...

O mais difícil numa abordagem é conseguir fazê-la de forma inteligente. As abordagens inteligentes são simplesmente irresistíveis, portanto o sim é garantido. O problema é que são poucos os que as sabem fazer como deve ser.

Nem tudo se aprende nos manuais:)

izzie disse...

E eu que até já tenho a minha preparada... não tenho é como a por em prática...