segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Tal como desembrulhar um rebuçado


Como qualquer miúdo gostava de rebuçados. Somente mais tarde é que me apercebi das possibilidades técnicas que tem o acto de desembrulhar rebuçados. De facto um acto tão singelo como este parece terminar apenas por aí, mas não. Na verdade é um verdadeiro movimento de treino da motricidade dos dedos, o qual pode ser aplicado para ultrapassar esse acto, pavoroso para alguns homens, que é o de desapertar os sutiãs femininos. Os movimentos são os mesmos e o prémio que nos é revelado é igualmente tão doce como qualquer rebuçado!


PS: Ainda gosto de rebuçados!

12 comentários:

Atelier de trapilho disse...

Fantástico!! Nunca tinha lido nada parecido!!

Girl in the Clouds disse...

Que post mais giro, lol

Mona Lisa disse...

Ahahaha Mas que bela comparação! Parabéns pelo paralelismo, magnífico!:)

Pólo Norte disse...

Olha que bem! Não desfarelando o papel, claro! Mas eu acho que é como desembrulhar aqueles bonbons em papel de prata em que no fim queres conservar o papel direitinho e com a unha ao de levezinho alisas tudo...

ADEK disse...

Ahahahah! Grande conclusão! Deviam passar este postno telejornal, para divulgar ao máximo de malta do sexo masculino:P*

the bloom girl disse...

Ahahah...arrancaste-me umas gargalhadas. Muito bom.

' Claudjinha disse...

comparação entre soutiens e papel de rebuçado.. hmmm :P

Anira the Cat disse...

Mas que belo treino...

Olhos Dourados disse...

Não é bem igual.

Chocolate disse...

Será que quem come muitos rebuçados fica apto a desapertar soutiens??

HIHIHI

L'Enfant Terrible disse...

Chocolate
Quem come muitos rebuçados gosta de coisas doces, logo...

izzie disse...

Ora... por isso é que alguns de vocês com jeito para esse "obstáculo"!
Foi dos rebuçados... ;)