terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Eu e as vacinas ou como há tantas coisas que não percebo!

Aqui há dias tive de ir levar uma vacina, aquela que somos obrigados a levar a vida toda e normalmente toda a gente se esquece – Tétano. Como tenho o centro de saúde a dois passos de casa decidi ir lá. Ao chegar falo com a senhora da recepção, que me informa que para vacinas tenho de fazer marcação – por telefone! Ora, encontrando-me eu no local, indagai o facto de não poder a mesma ser feita presencialmente. Resposta negativa, só por telefone. Depois de apontar o dito número, afastei-me para outras pessoas serem atendidas. Então, quase ao chegar à porta, comecei a pensar. Marco o número no telemóvel e refundo-me um tanto ao pé da entrada, de modo a ver a recepção mas quem lá está não me ver. Começo a ouvir chamar, no telemóvel e lá ao longe. Então vejo a senhora da recepção, a mesma que me tinha atendido, a levantar o auscultador:

- Centro de saúde, bom dia.
- Bom dia, era para marcar uma vacina.
- Com certeza, veja lá se lhe dá jeito este dia…

[Pois, são estas coisas, que por mais que puxe pela cabeça, não percebo! Alguém me quer fazer o favor de explicar?]

10 comentários:

Girl in the Clouds disse...

Realmente não é de explicação fácil!!

GATA disse...

Portugal no seu pior!

Nirvana disse...

Lol... até explicava, se soubesse, mas não dá para entender.
Só se as vacinas forem marcadas de acordo com aquele sistema: paraó tétano marque 1, para a varicela marque 2, para o sarampo marque 4...

Rapunzel disse...

E quando chegas e não está ninguém na recepção, vais ao balcão e a senhora te manda para trás para tirar senha? E depois ainda ficas 5min à espera que ela carregue no botão que emite um som irritante para poderes ser atendido...

L'Enfant Terrible disse...

Nirvana
Sê bem vinda!

Blossom On A Tree disse...

Que estupidez... Quando fui ao Centro de Saúde apanhar essa dita vacina atenderam-me logo. Enfim, burocracias...

Um beijo*

ML disse...

Não sei se ria ou se chore!!! Que tamanha estupidez! :o

Anira the Cat disse...

Havias de ter caminhado na direcção dela e a falar ao telemóvel... encostavas-te ao balcão... Raio de burocracia miudinha!

Bjokas

Malinha viajante disse...

É rídiculo mas é mesmo assim. Já me aconteceu, tive que marcar pelo telefone...

by " A Invisível " disse...

Ora essa! Ó meu querido Terrible! (desgraçadito!!) ;))
Beijinho grande*