segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

Sentimentos puros


Existem sentimentos que não podemos pronunciar, não porque não os sentimos, não porque não os compreendemos, mas simplesmente porque somente os sentimos e como tal não têm qualquer traço de racionalidade o que dificulta e impossibilita uma explicação verbal, escrita ou gestual ou seja a sua expressão.
Sabemos que sentimos algo, mas não conseguimos definir o quê, talvez porque esse seja o sentimento em estado puro, indefinido e por isso genuíno, mas explica-lo é tarefa inglória, porque ninguém nos vai perceber, porque ninguém vai acreditar, porque nós mesmos não conseguimos abrir a nossa alma e expor a luz que vai cá dentro, porque a luz não é visível, muito embora o calor por ela transportado seja sentido, mas faltando o contacto físico, real é impossível conduzir a vibração quente que nos pulsa e mesmo quando estão reunidas as condições de presença alguns muros não deixam a energia passar nem pronunciar-se a outra alma que no fundo é o verdadeiro dínamo do nosso próprio íntimo…

13 comentários:

Lia disse...

se consegues pôr em palavras é porque o sentimento não é suficientemente grande...

Helena disse...

A este texto não falta sentimento... Muito bom mesmo!

Beijinhos,
Helena

Gaja com G maiúsculo disse...

Mas tu conseguiste transmitir na perfeição qual é a sensação... eu não conseguiria ;)

É não é assim que nos sentimos a maioria das vezes? E quando decidimos expressar-nos será correctamente? Já tive mais certezas disso. Por vezes, existem sentimentos que simplesmente não são passíveis de reproduzir ou descrever por palavras.

(viajei agora)

Beijinhos

A disse...

Caro Terrible

Todos os muros podem ser derrubados... temos é que criar as oportunidades...

L'Enfant Terrible disse...

A
Sê bem vinda!

Rapunzel disse...

Quando gosto muito, assim mesmo muito muito muito, tenho uma dificuldade enorme em dizer, mostrar, escrever, seja o que fôr...

P.S.: Tenho uns muros enoooormeeeesss!!! :(

D* disse...

Wow, para o primeiro texto que eu li do blog gostei, e não foi pouco! :)

Girl in the Clouds disse...

Esses sentimentos que não se transformam em palavras, são puros, são bons!!

S* disse...

As vezes acho que sou demasiado pura sentimentalmente.

Miss Yellow disse...

E mais um a somar aos grandes textos que se podem ler neste blog.. que continua excelente :D

Parabéns =)

Beijinhoo

Anira the Cat disse...

Pois, há sentimentos e Sentimentos...

Corset disse...

o que sentes?

L'Enfant Terrible disse...

Corset
Nem sei que te diga...