quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

Glutão!


Que as mães gostam de tratar de nós como se fossemos ainda meninos já todos sabem. A minha por exemplo oferece-me sempre o mesmo pelo Natal, doces e bolos, presentes com os quais reclamo sempre, pois apesar de não me considerar guloso, o certo é que quando começo a comer essas delícias perco-me um bocado, pronto, um bocado é um eufemismo! Mas durante o ano inteiro raras são as vezes em que como doces, só mesmo por estas épocas festivas “recarrego” o meu organismo com tais ingredientes açucarados! Ontem estava eu a estudar e tive a triste ideia de colocar ao meu lado uma caixa daquelas de sortido, oferta da mãe claro está. Lá se passou o tempo e não sei se sou só eu mas enquanto estudo tenho sempre tendência de estar a mordiscar qualquer coisa. É claro que se não houver nada não mordisco, mas se houver…
Pois, foi a desgraça, é que a caixa até era grande e bem recheada e quando a minha mão cega se apercebeu que estava vazia, caí em mim e no bruto exagero que tinha feito. Nem é preciso dizer que jantar não foi preciso e o arrependimento foi de tal ordem que optei por esconder outra caixa idêntica e ainda por abrir atrás de uma série de panelas, só para ter a maior das dificuldades a chegar lá chegar e quiçá esquecer-me da existência da mesma!

[Vá chamem-me glutão, eu mereço! Agora só na Páscoa é que há mais! E não se preocupem, o peso mantém-se igual como de costume!]

14 comentários:

sakura disse...

Eh lá! A mim nunca me dá para comer uma caixa de chocolates inteira :)
Mas deixa lá, daqui até à Pascoa podes fazer um jejum de chocolate. Que tal? :)
Bjinhos***

Chocolate disse...

Com esta do Glutão fizeste-me pensar no anúncio do OMO!

LOL!

Não te chamo nada porque sou igual... infelizmente e depois a minha balança queixa-se ...

Bjs, Bom Ano, e Bom estudo!

izzie disse...

Qual gritar... todos nós temos moentos de perdição desses :)

E... por acaso sabias que mastigar, como movimento mecânico que é... ajuda a oxigenar melhor o cérebro... logo favorece a memória? ;)

Por isso não te recrimines tanto... embora concorde com a medida drástica... senão enjoas...

Beijinho

by "A Invisível " disse...

HEHEHHE!Maluquito! ;=)
(Glutão!)
Beijinho grande*

Rita G. disse...

idem idem,aspas, aspas...sou igualzinha, não resisto a um docinho! Maa agora estou a desentoxicar dos excessos natalícios, é so comida saudável. Gostei do teu blog rapaz! Visita-me tb em www.alentejoenovaiorque.blogspot.com
beijos!

L'Enfant Terrible disse...

Rita G.
Obrigado e sê bem vinda!

Anira the Cat disse...

Curioso... quando andava na faculdade só estudava bem se estivesse a roer qualquer coisa, ajudava-me a concentrar-me! Mas nessa altura a balança não se queixava...
Escondeste a caixa? Isso não resulta, digo-te por experiência própria... o que resulta mesmo é não ter tentações dessas em casa!

Bjokas

pintas* disse...

hum...não te recrimines tanto.
Nao és assim tao guloso...em comparação comigo;)
para se sentires melhor:
-tu comes doces apenas em épocas festivas.não aguentas a tentação.
-eu como doces o ano inteiro.Simplesmente não consigo resistir.É mais forte do que eu.

Mas pronto...são esses pequenos pecados que dao sabor à vida:)

*gostei do teu cantinho*

Malinha viajante disse...

Não sejas guloso e partilha, manda um para cá! O que vale é que o meu peso também nunca sai do mesmo sítio, coma o que comer ;)
bj*

L'Enfant Terrible disse...

pintas*
Sê bem vinda!

Gaja com G maiúsculo disse...

AHHHHH grande G-L-U-T-Ã-O!!! ehehehehehe
É saudável, o chocolate faz muito bem à alma e adoça-nos :))

Beijinhos

Girl in the Clouds disse...

Também só descanso quando vejo o fim à caixa!! O melhor mesmo é não ter as guloseimas!!

Mnemósine disse...

olha que isso passa do prazo!!!

Atelier de trapilho disse...

Guloso!!!!!!! A culpa é da mãe, não é? Pois...