quinta-feira, 11 de março de 2010

...


Gostamos de algumas coisas pelo seu significado ou então, simplesmente, pela sua beleza, mas raras são as vezes em que encontramos a conjugação de ambas na mesma dimensão, seja num objecto ou ser. Assim é em relação à arte, às pessoas e às coisas mais diversas da vida.

6 comentários:

Gaja com G maiúsculo disse...

Meu amigo, mas esse equilíbrio existe, está lá fora, anda por aí, na mesma cidade, noutro país ou Cntinente, mas existe! E isso é que torna tudo tão especial, apesar de nunca termos encontrad, sabermos que ele existe :)

Beijinhos

ADEK disse...

Mas quando encontramos, é mágico!:D*

S* disse...

Eu gosto das coisas pela sua beleza, utilidade, personalidade... que as coisas têm personalidade.

Nirvana disse...

Nem sempre, é verdade, mas por vezes acontece, e se calhar é por isso que lhe damos tanto valor!
Outras vezes somos nós que atribuímos um significado aos objectos ou aos seres que não é exactamente o seu significado, foi a nossa subjectividade, ou o que queríamos que significasse que falou mais alto.
Beijinhos

Anira the Cat disse...

Quando ambas as coisas se conjugam, é mágico...

Bjokas

Girl in the Clouds disse...

Quando tudo se conjuga, é uma sensação fantástica...