quinta-feira, 29 de abril de 2010

Desejar


Será assim tão mau querer, desejar, sonhar por aquilo que consideramos um momento único, a perfeição, uma história, uma epopeia ou uma narrativa que se traduz no que entendemos por felicidade? Será de todo contrário a nós próprios, às nossas expectativas, recalcar esse pensamento, esse sentimento que por si só nos dá uma ilusão de felicidade mas também a desilusão da realidade? Sou um ser que idealiza, que almeja, que fantasia mesmo quando não quero, mesmo quando sei que não devo, que não posso, porque é apenas um sorriso que dura um momento e uma amargura que dura uma eternidade, mas persisto, é mais forte que eu, simplesmente porque, já faz parte de mim, como um tecido costurado na minha carne, no meu âmago, diluído no meu interior mais profundo, misturado comigo, sendo que a única solução que encontro é simplesmente tentar controlar as suas pulsões e para tal torno-me por vezes o oposto daquilo que sou.

5 comentários:

S* disse...

Porque me hei-de contentar com menos se posso desejar a perfeição?

Carolina Tavares disse...

Muito sensual e sedutor um homem assim, que mostra seu universo de desejos e fantasias. Não deixe que a vida te endureça. Faça uso disso a seu favor. Sua ¨fragilidade¨(aparente) pode ser sua força. Apaixonante. bjus pra ti.

Nirvana disse...

Se for assim tão mau estou, como se costuma dizer, bem arranjada!!
Querer, desejar e sonhar fazem tanto parte da vida como respirar, comer, dormir.
Claro que não podemos viver no mundo da lua (quer dizer, de vez em quando podemos :)), porque a realidade está aqui, ao nosso lado e arriscamo-nos a viver uma ilusão. Mas a realidade não é sempre uma desilusão.
Não sei muita coisa, mas uma coisa eu sei: não podemos mudar aquilo que somos, a nossa essência. Recalcar essa essência, isso sim, seria muito mau*.
Beijinhos
PDiria mesmo seria terrível :)

Anira the Cat disse...

Parafraseando Fernando Pessoa: "sem a loucura, que é a mente humana, mais que a besta sadia, cadáver adiado que procria?"

O sonho, a loucura, é o que nos distingue...

Bjokas

Girl in the Clouds disse...

O desejo e o sonho fazem-nos viver!