sexta-feira, 30 de abril de 2010

Estarias...


Estarias aqui agora. Estarias com a tua força, a tua presença, o teu rosto encostado ao meu, em silêncio, em alvoroço, sossegada ou em tumulto, mas estarias. Estarias para além do meu sonho, do meu desejo, da incógnita, na realidade presente, no momento firme, mas estarias. Estarias longe, perto, do outro lado, aqui ao lado, em comunicação, em espera, na lista ou fora dela, mas estarias. Estarias ou estaria ou teu perfume, a tua memória, o teu vulto, as tuas coisas, grandes, pequenas, complexas, singelas, mas estarias. Estarias hoje, amanhã, depois, num tempo não relativo, num tempo concreto, mas estarias. Estarias tu, os teus problemas, as tuas ideias, a tua personalidade e criatividade, misturados com os meus num diálogo constante que nos animaria os dois, para o bem, para o mal, em discussão, mas estarias. Estarias com os lábios encostados aos meus, as mãos no meu corpo, com o teu corpo no meu corpo, os teus gestos misturados com os meus, os teus segredos proferidos aos meus ouvidos, os teus cabelos envoltos em mim, o teu calor misturado com o meu, mas estarias.

Estarias, mas não estás…

8 comentários:

Anira the Cat disse...

Uma pequena diferença na palavra, mas uma grande diferença na realidade...

Bjokas

veralu disse...

belo post! :)

100 remos disse...

Neste momento estou ... sem palavras! Parabéns pelo texto!

Carolina Tavares disse...

Simplesmente lindo, apaixonante. Se essa mulher exite ela deveria estar ai. Bjus pra ti.

Nirvana disse...

De certa forma, está! :)
De que outra maneira assumiria a forma de tão bonitas palavras?
Bjnhs

Kikas disse...

o problema é esse.. mas não estás.

Girl in the Clouds disse...

Este teu post está muito engraçado!

Quem? disse...

Lindo, adorei. Desejo todas as palavras e ideias deste texto. Fiquei pensativa, fiquei tocada.
Muito bom, como sempre :)