sábado, 24 de abril de 2010

Osculo


O beijo é mais do que um encontro de bocas que se tocam num momento breve. O beijo é uma diluição na essência do outro, é um enrolar de línguas que se procuram, originando um fervilhar quente que se traduz num rubor no rosto, num arrepio cálido na espinha, é o saborear de lábios, a partilha do gosto e da saliva que leva à descoberta, à procura, ao sentir que nos preenche de conhecimento, mas ao mesmo tempo nos deixa expostos, mais nus que sem roupa. O beijo é amor, mas também é sexo, é a polivalência relacional, une dois seres de forma simples, mas produzindo uma força complexa que exala de emoção, que expande o calor, criando uma fusão onde o plasma se contorce nessa caldeira que é a boca. O beijo começa tímido ou de rompante, é uma descoberta ou uma confirmação, é o desejo primordial, a chave para que abre o início, mas ao mesmo tempo também serve para selar o fim.

11 comentários:

Girl in the Clouds disse...

Fantástico!! Adorei o texto!!

Margarida disse...

O beijo... das melhores coisas que existe. Beijar é isso tudo e muito mais!

100 remos disse...

O beijo certo dura para sempre em nós.

L'Enfant Terrible disse...

Margarida
Sê bem vinda!

Carolina Tavares disse...

Terrible, gostei disso ¨nos deixa expostos, mais nus que sem roupa¨ me sinto assim quando beijo, nua. bjus

Atelier de trapilho disse...

O texto está um espectáculo!! Sem palavras!!
Bjs
Carla

Mulheka disse...

Obrigada! ;)

L'Enfant Terrible disse...

Mulheka
Sê bem vinda!

Anira the Cat disse...

O Beijo é desarmante....

Bjokas

Nirvana disse...

E assim se chega ao fim de um post sem fôlego! Simplesmente fantástico!
Eu acho que um beijo pode ser dos momentos de maior intimidade e partilha entre duas pessoas.

Bjnhs :)

Paloma disse...

beijar é bom!!! =)