segunda-feira, 17 de maio de 2010

Há dias 3...


Há dias em que não espero nada, quando no fundo espero tudo, espero que algo aconteça, algo de diferente, algo que mexa e remexa destruindo a monotonia. Mas sei ao mesmo tempo que quando nada espero, verdadeiramente nada acontece, nada se propicia ou aparece. Há esperas e esperas, umas são infindáveis quando nada há em concreto no horizonte e outras são apenas confirmações daquilo cuja percepção ou o instinto já haviam adivinhado.

6 comentários:

Poetic GIRL disse...

Sabes eu acho que por mais que anseie por uma coisa, essa coisa ainda se demora mais ainda a acontecer, aparecer. Acho que deve ser o destino que brinca assim comigo. bjs

Miss Kin disse...

É uma chatice quando tentamos meter na cabeça que nada esperamos, mas no entanto esperamos tudo... E um tudo que não acontece, ou que tarda a acontecer, caso realmente aconteça... O tempo passa tão devagarinho, nestes casos!

Acho que é melhor não esperar realmente nada.

Nirvana disse...

Esperar, ter expectativas, desde que não condicione a vida, não tem mal. Eu acho difícil não esperar qualquer coisa. Acho que esperamos sempre.
Beijinhos

Carolina Tavares disse...

Sabes Terrible você anda precisando de uma sacudidela, daquelas bem dadas, esse tédio em um instante passa. Beijinhos

by "A Invisível" disse...

Senhorita Terrible;

Pois, mas penso que durante a vida, estamos numa espera contínua, por algo, por alguém... Enfim, esperamos sempre algo.

Beijinho*

Girl in the Clouds disse...

Eu concordo com a Sr.ª Invísivel, nós esperamos sempre algo da vida, sobretudo o que ainda não temos!E, temos tendência a desvalorizar o que temos!