sexta-feira, 21 de maio de 2010

Teorizações

Há pessoas que para dizerem algo simples e concreto precisam de teorizar e complicar um assunto, perdendo-se muitas vezes no seu próprio argumento ao ponto de não chegarem a dizer nada de objectivo, porque se o fizessem não podiam demonstrar a sua capacidade de tecer analogias e deduções. Assim são os filósofos e os políticos. O grande problema é que estes últimos saem-nos caro e fazem-no de propósito.

4 comentários:

Gaja com G maiúsculo disse...

Se na esfera pessoal isso já suficientemente mau, na política até me causa urticária... aiiii se eu visse uma certa e determinada figura política à minha frente esta semana, acho que não respondia por mim, não...

Beijinhos

Carolina Tavares disse...

Muita teoria, muita racionalização (mecanismo de defesa do ego, Sigmund Freud)= pouco tesão, pouca emoção.

Anira the Cat disse...

Já diz o ditado... quem muito fala pouco acerta...

Bjokas

Nirvana disse...

Assim como, para ir do Porto a Gaia passar por Lisboa?? Falar, falar, e ficares a pensar "mas do que é que está a falar mesmo?"
Quanto aos políticos, estou com a Gaja!!
Beijinhos, e bom fim de semana :)