segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Planear


Sempre que se cai no planeamento, no pensar em algo, na teorização, estudando tudo até ao ínfimo pormenor acaba-se sempre por não se fazer nada. Embora não negue que algumas coisas tenham de ser pensadas e ponderadas, quando se aprofunda e se perde demasiado tempo nessa acção acaba-se por se cair num vício de perfeccionismo levando à permanência do projecto no papel porque falta sempre qualquer coisa. O mais difícil não é planear, o mais difícil é e será sempre concretizar e se um plano demora demasiado tempo a estar concluído acaba por englobar tanto a teoria como a prática para a qual se destinava. Muitas vezes se confunde a vida com o pensar a vida, sendo que pensar somente não é viver.
[E não se pode esquecer que muitos planos saem furados!]

1 comentário:

GATA disse...

Há muito tempo que não faço planos... O único que faria agora seria como matar (e com requintes de malvadez!) a put@ da minha coleg@!