domingo, 17 de outubro de 2010

Má Sorte


Má sorte é ter aquilo que não se quer e não obter aquilo que se quer, porque é demasiado distante, porque se esteve tão longe quando se julgava tão perto, e não se atinge devido a uma indefinição que não se compreende. Má sorte é olhar para onde não se deve, fazer quando não se pode, proferir o acertado no momento errado, dizer o errado no momento certo, ver e não ver, encontrar para perder. Má sorte é ficar num canto escuro a dizer mal da nossa sorte, que parece nunca suceder, que parece ser uma traidora compulsiva que não nos deixa seguir, que não deixa que sejamos nós a tomar as rédeas das nossas acções. Esta é a má sorte, aquela que nos impele para a renuncia, para pensarmos duas vezes antes de agir ou inibindo de todo os nossos actos ao ponto que os mesmos não ocorram, sendo igualmente essa falta de ocorrência um lugar onde a má sorte acabe também por se manifestar.

5 comentários:

A Minha Essência disse...

É estar no sítio errado na hora errada. ;)

S* disse...

E que tal fazer um esforço para a contornar?

Stargazer disse...

A isso eu não chamaria azar, mas sim VIDA. Faz parte. Umas vezes ganha-se, outras perde-se. Mas o importante é que se viveu.

A sorte pode-se "construír", dar-lhe um twist a nosso favor. Claro que nem sempre acontece, mas vale sempre a pena tentar.

Lucky kiss,
:)

Marta disse...

Eu sou dotada de alguma mas sou resistente, lá isso sou!

GATA disse...

A sorte vai e vem. Neste momento, a minha foi... mas eu estou à espera que volte, mas espero sentada. :-)