sábado, 2 de outubro de 2010

Más interpretações


As más interpretações acontecem sempre, suscitadas por vários ímpetos, mas derivam do facto do ser humano nem sempre conseguir passar uma ideia de forma correcta, ou de perceber uma ideia, mas de forma errada. As más interpretações provêm da animosidade prévia, de um conceito formado à partida que gera imediatamente uma reacção contrária. Nascem da pressa do entendimento, da confiança que por vezes ilude e parece permitir que se possa dizer tudo sem ponderar levando ao julgamento do que parecendo não é, conduzindo à ideia contrária o que leva ao desatino, provocando muitas vezes algo que chega ao intenso, ao físico, assistindo-se ao fechar de portas, mas acima de tudo, ao contrariar de qualquer espécie de diálogo ou nova reinterpretação. As más interpretações vão continuar a acontecer, serão parte da vida, do cosmos, da própria alma do ser humano, sendo que a sua ocorrência é tanto maior consoante maior for a desconfiança, for o medo, ou o preconceito, da mesma forma que saber proferir correctamente algo, sem suscitar as mesmas, será tão difícil e impossível quanto saber ouvir e apreciar com o entendimento para compreender e discernir.

1 comentário:

Margarida disse...

Diria que, também aí se nota a imperfeição do ser humano que, influenciado por sentimentos, desejos, ou simples ansiedades, má interpreta e constrói... Será sempre assim. As más interpretações continuarão a existir, e nelas estarão os pressupostos de muitas continuidades...

Um bom fim de semana L´Enfant...