quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Olhar


Olho-me por dentro, por fora, dos lados, de costas, de frente, de alto, de baixo e parece que de cada vez sou sempre um ser diferente pela perspectiva, ao mesmo tempo sabendo que sou sempre o mesmo, igual, seja qual for o prisma pelo qual me observe. Ainda assim, ao olhar-me deixo-me por vezes perder na ideia que possa ser diferente perante olhos que não os meus.

6 comentários:

Dark angel disse...

"Ainda assim, ao olhar-me deixo-me por vezes perder na ideia que possa ser diferente perante olhos que não os meus. " - E és, não tenhas dúvidas disso.

'Mimi disse...

As outras pessoas vêem sempre coisas que nós não vemos, sejam elas boas ou más :)

hierra disse...

O que somos aos olhos dos outros, é uma grande incognita...

Z...! disse...

Serás sempre diferente aos olhos dos outros, que, imparcialmente, podem saborear o ser especial que és.
És único no Mundo, em relação aos demais homens.
Deverias de valorizar mais a tua irrepetível individualidade!

Gosto de ti através dos meus olhos:-)

100 remos disse...

;) Like honey ...

Marta disse...

É uma questão de perspectiva...o que eu vejo é diferente do que tu vês mas na realidade será que são dois mundos diferentes?