domingo, 7 de novembro de 2010

Rejuvenescer


Sempre que temos um desgosto de amor voltamos a sentir-nos adolescentes, da mesma forma que a paixão por si faz-nos por si só recuar também aos tenros anos da juventude, num retrocesso que parece demonstrar que tudo é possível, inclusive rejuvenescer, ganhando-se assim um vislumbre de uma felicidade pura e despreocupada que se julgava perdida. Mas ao mesmo tempo perde-se em sabedoria, perde-se o controlo, a confiança e a dor é sôfrega, corrosiva, sentindo-se dessa forma agreste e avassaladora, como se tudo fosse acabar sem possibilidade seguir, como se toda a atmosfera aumentasse a pressão mil vezes sobre o nosso espírito e a respiração se tornasse uma utopia impossível de se voltar a atingir.

8 comentários:

DoceSussurro disse...

A paixão é uma canseira !!

:)

Beijinho*

Margarida disse...

A paixão alimenta e a dor desgasta... A paixão faz sonhar e a dor destrói todos esses sonhos que, um dia mais tarde, se voltam a construir, mas com personagens diferentes... Mas estar apaixonado, é do melhor... Estás tu apaixonado? :)

L'Enfant Terrible disse...

Margarida
Não. Cada vez mais desapaixonado...

S* disse...

Sofre-se tanto... mas aprende-se a lidar. The first cut is the deepest.

Girl in the Clouds disse...

O amor é assim, desassossegado!! Senão não teria a mesma graça!!

Carolina Tavares disse...

Gosto de estar apaixonada sinto-me mais viva mesmo que me falte o ar. Antagônico não é mesmo?

Marta disse...

A quem o dizes!
Resta agora pegar na experiência e tirar dela o que há de melhor. Quem sabe não nos ajudará num futuro próximo.

GATA disse...

Já dei para o 'peditório' do amor e da paixão. Agora quero sopas (de leite, claro) e descanso!