quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Do emissor


É muito mais fácil desconfiarmos e duvidarmos dos outros do que de nós próprios, tanto que ouvimos o que nos dizem com cautela e desconfiança, mas ao mesmo tempo aceitamos aquilo que sentimos e os nossos raciocínios sem cuidado nenhum, sem passar por um filtro de sabedoria ou tão só de ponderação, sendo que assim precipitamos algumas acções de modo menos atento, as quais têm por vezes consequências que se transformam nos nossos reais problemas.

6 comentários:

Sairaf disse...

É por isso que boca fechada não entra mosca, mas quando for a altura certa é preciso ripostar perante os factos e ponderar sempre bem sobre o que se vai dizer para não ferir ninguém.
Sincero Abraço
Com carinho
Sairaf

V. disse...

Leste-me os pensamentos...

V.

'Mimi disse...

há pessoas que bem precisavam de um filtro ;)
às vezes lá dou por mim a dizer o que não queria

S* disse...

Confio bastante em mim, sim, porque sei o que valho. Já os outros...

Margarida disse...

Ler o teu post foi como se me ouvisse a mim própria... para não variar :)

GATA disse...

Eu desconfio de tudo e de todos, até de mim! :-)