sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

E se...as mulheres mandassem no mundo?


Há quem diga que se fossem as mulheres a mandar não haveria guerras, pelo menos como aquelas que os homens fazem. Ora perante algumas evidências vejo-me obrigado a discordar. Por isso vejamos, no que toca à união, à camaradagem, os homens são mais dados, embora seja também isso que por vezes os leve a entrar em conflito uns com os outros. No entanto as mulheres são mais competitivas entre si, mais falsas e inconstantes no que toca às suas relações. Quem trabalha ou já trabalhou com mulheres sabe certamente a que me refiro, e isto não parte dos homens mas são as próprias que afirmam que onde está muita mulher junta há sempre caldeirada! No entanto as feministas e afins afirmam que as mulheres é que deviam governar o mundo, dado o seu lado materno e sensível. Pois realmente essa parte das mulheres é agradável, mas esquecem-se por certo do outro lado, aquele que em casos mais graves leva ao inevitável agarrar de cabelos umas pelas outras, sem esquecer a parte das estaladas e unhadas! Transpondo este cenário para o mundo actual, imagine-se que os estados mais poderosos do mundo eram chefiados pelas mulheres. EUA, China, Rússia, França, por aí fora. Inicialmente tudo em festa, com a suposta tomada do poder pelas mulheres, todos sentem esperança num futuro que parece ser promissor, contudo há um certo desagrado por parte da chefe de Estado Chinesa pelo facto de a chefe de Estado francesa ter acesso à última e exclusiva colecção de um estilista famoso. Depois a chefe de Estado da Rússia olha com alguma mal disfarçada repulsa pela chefe de Estado dos EUA, visto que ambas têm um vestido igual, facto que a americana nota julgando que a russa quer-se é fazer ao seu marido que é um antigo militar todo musculado. E assim por diante. Posto isto acho que bastava à impressa cor-de-rosa trabalhar estas histórias para que as mesmas chegassem a um ponto em que, furiosas que estavam e possessas que ficaram umas e outras, sob um qualquer pretexto começariam guerras medonhas! E como quem tem armas atómicas é quase o mesmo que ter um vestido Dior exclusivo, toca de as usar para ver quem é o mais forte e começaria sem dúvida a Terceira Guerra Mundial!
E enquanto isto onde estavam os homens? Possivelmente a apanhar uma bebedeira, a comer uns amendoins e a ver a bola!
Por isso continuo favorável ao governo de alguns países pelas mulheres, mas assim de modo diluído, porque aí sim, no meio dos homens é que as mulheres se destacam pela positiva, pois competem com fracos concorrentes, porque se fosse a competir entre as mesmas, temo sinceramente pelo futuro deste mundo!

7 comentários:

Margarida disse...

Humm.... não sei se estou bem de acordo... mas temo que exista uma certa tendencia a concordar contigo... o melhor mesmo é dividir "o mal pelas aldeias", é as pessoas pensarem por si só, conhecerem da sua organização e capacidade, bem, como da sua competencia...

beijinho

Smurf disse...

:( mas sabes, tendo a concordar com muitas coisas, apesar de mulher. Eu tenho uma parte por certo muito "homem" em mim. Não tenho pachorra para as guerrinhas de mulheres. Sinceramente, não!
Mas imagina como seria tão cor-de-rosinha o nosso mundo. :))

S* disse...

Acho que as mulheres são menos dadas à corrupção... só por aí, já era melhor. :P

GATA disse...

Nem homens nem mulheres. Gatos ao poder! :-)

A Minha Essência disse...

Risos... ri-me como se não houvesse amanhã com a tua lógica!

De facto as mulheres são umas filhas da mãe umas para as outras! Porque no reino "mulher" reina a inveja gratuita! É algo nato entre este sexo! (Isto dava pano para mangas...) Porém, vocês homens têm algo que se destaca pela negativa que é a ambição desmedida que se forma em corrupção! E o que pauta mais em todos os governos sem excepção é a CORRUPÇÃO! E isso infelizmente vocês (homens) levam vantagem de nós (mulheres) assim num ápice! Por isso se formos a pôr na balança não sei não... ;)

hierra disse...

Concordo com a ideia de que o mundo governado por mulheres teriam guerras pois teria, até acho que as mulheres são mais conflituosas do que os homens, mas quero acreditar que quem chegasse a líder de tais paises tivesse o cerbro suficiente de não andar à estalada por causa de um Chanel ;)

Belladonna disse...

Contra mim falo. Mas um mundo governado por mulheres não é algo que me agrade. Na altura de mandar, a vertente cabra costuma falar mais alto. Portanto, vamos manter isto equilibrado, sim?;)
Bom fim de semana