domingo, 13 de fevereiro de 2011

...


Ao longo da nossa vida há sempre situações pelas quais somos gozados. Umas vezes isso afecta-nos, mas na maior parte das vezes e ao longo do tempo aprendemos a ignorar, em particular quando tal acto parte dos outros. Contudo quando é a própria vida que parece gozar connosco, por mais vezes que isso aconteça, nunca se consegue ignorar, deixar passar ao lado ou esquecer. Quando a vida goza connosco há mais do que o sentimento de humilhação, há o sentimento de que tudo parece conspirar contra nós e parece que ouvimos um riso sarcástico que nos faz estremecer por dentro até às profundezas da nossa alma. A vida e as suas vicissitudes é difícil de ignorar, porque ela consegue ser tudo de bom, mas também tudo de mau.

6 comentários:

'Mimi disse...

É mais ou menos como quando mandas cv's, te perguntam se estás interessado e nunca mais dizem nada ;)

Mona Lisa disse...

Quando é a vida a gozar connosco é sempre para nos ensinar algo que ainda não aprendemos.

A Minha Essência disse...

Há que saber tirar partido das lições da vida. Por vezes nos parece muito cruel, mas temos que pensar no porquê que nos acontece a nós. Com que intuito? E essas questões na maioria das vezes é posta de lado porque o lado de sofredor grita mais alto. Parar e perceber o que está à nossa volta e nos sinais que a vida nos envia. Saber interpretar torna tudo mais fácl.


Beijo

Sairaf disse...

A vida corre para nos ensinar e nos corremos para aprender, caímos muitas vezes e nem sempre aprendemos.
Belo texto Terrible.
Abraço doce:)

S* disse...

A confiança constrói-se e só ela permite que o gozo não nos afecte.

GATA disse...

Por vezes, a vida goza comigo. Por vezes, eu gozo com a vida. Mas que a vida, por vezes, é injusta, é!