quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Fórmula


Primeiro não sabemos se existe e isso é o primeiro problema. Depois encontramos, ou assim pensamos e gera-se nova dificuldade, tentar obter. Acabamos por descobrir que aquilo que existe afinal não existe porque não se conseguiu obter, ao mesmo tempo que começamos a duvidar se algum dia existirá e se é possível obter. É nesta pequena fórmula que tudo reside, uma equação duvidosa e estranha, da qual se conhece e sabe o resultado que se deseja obter, mas não todas as variáveis e a fórmula para atingir o mesmo.

3 comentários:

*B* disse...

E não será melhor assim? Desconhecer as variáveis e a própria fórmula?

Deixa fluir... :)

A Minha Essência disse...

E quando não se é bom em fórmulas, o que fazer? Ah pois é...

Kiss

S* disse...

Hum... prefiro ir vivendo ao sabor do vento.