terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Possíveis e impossíveis


Muitas vezes preferimos agarrar o impossível a viver o possível, porque o possível não nos chega e o impossível deixa-nos, mesmo que enganosamente, respirar. Mas quando se rompe esse ténue equilíbrio, quando começamos a acreditar que o impossível por ser possível, nem por um pouco que seja, acabamos sempre por nos magoar, ficamos loucos, deprimidos, somente porque tantas e tantas vezes gostaríamos que só um pouco de impossível fosse possível.

3 comentários:

Margarida disse...

O impossível que nos leva ao sonho e ao desejo... será sempre este o que mais desejaremos, sejamos ou não "ambiciosos", no fundo, é neste que pensamos... principalmente quando o possível é algo que já possuimos...

A Minha Essência disse...

Nunca estamos satisfeitos com nada! Tudo nos parece pouco. Fácil ou difícil. Pouco ou muito. Tudo é sempre visto de maneira mais complexa do que efectivamente é! Somos assim, insatisfeitos! O pior é que temos essa consciência. Já não é assim tão mau...

:)

Anira the Cat disse...

Procuramos o impossível, pois assim é mais fácil perdoarmos o falhanço...

Bjokas