segunda-feira, 7 de março de 2011

Dos decotes


Muito já se disse, escreveu ou mostrou acerca dos decotes (e mostrar aqui roça o literal!). Os decotes são para algumas mulheres uma forma de afirmação, de mostrar auto-confiança, algumas conseguem/sabem usa-los, outras não, pelo menos é isso que capto em determinados círculos. Outras dirão que é porque acham que lhes fica bem, que não é para os homens mas sim para elas. Aceito, mas não consigo deixar de pensar que esse gesto carrega em si uma forma inconsciente com a qual se pretende atrair o sexo oposto. Contrariando isso poder-se-á dizer que o decote já caiu na generalização, no entanto um decote é um decote e nunca passa despercebido (pelo menos para grande maioria dos homens) ainda mais quando a pessoa em causa raramente é vista com tal indumentária ou a mesma lhe assenta muito bem. Por exemplo aqueles vestidos (de gala) onde a juntar ao decote dianteiro há o decote traseiro (mostrando boa parte das costas até ao fim das mesmas) e eis que todos olham para o dito “modelo” e dizem que “bonita” que está a sua portadora. Se esse elogio partir das mulheres, desconfio que há no meio muitas que carregam semelhante enaltecimento com uma grande carga de inveja. Se o panegírico partir de um homem, bem bonita sim senhor, mas o que realmente pensam é: - Uau! Rasgava-te esse vestido e comia-te toda já aqui! (Isto sem esquecer aqueles que não falam e só se babam!) Mas nem é preciso ir tão longe, basta um decote simples do dia-a-dia para despertar semelhantes pensamentos, desejos ou invejas. De facto um decote funciona num homem como um íman para os olhos do mesmo, dificilmente se consegue evitar olhar. Tenta-se disfarçar, aproveitar quando ninguém está a “ver” para se dar uma rápida olhada. Depois há a reacção ou não reacção. A reacção parte da mulher que não se sente à vontade com o decote, ou então daquela que está confortável mas dá o toque de aviso quando quem olha se esquece do jogo da subtileza e é apanhado com os olhos caídos mais do que dois segundos no agradável cenário. Já aquelas que sofrem da não reacção fazem o oposto, quase que metem o decote pelos olhos dos homens a dentro, falam, olhando para todo o lado, evitando assim o rosto do espectador para que este possa olhar (e babar-se) sem restrições. Para muitos homens um decote pronunciado é uma porta para a perdição, mas para muitas mulheres é uma forma de se mostrarem, mas muitas não sabem depois lidar com isso, ao passo que outras sabem, até bem demais!

10 comentários:

GATA disse...

Eu raramente uso decotes. No trabalho, nem pensar, pois trabalho maioritariamente com homens. De vez em quando, numa festa, uso um decote... mas nada como o da menina da foto! :-)

Sairaf disse...

Um belo decote faz sempre bem ao ego de qualquer mulher e anima a vista daqueles que a rodeiam!! ahahahahah... mas verdade seja dita que quando uma mulher tem um decote demasiado provocador não são só eles que não conseguem olhar, já me aconteceu estar a tentar falar com uma colega minha de trabalho que tem um peito com alguma dimensão e pensar, agora compreendo a dificuldade dos homens, é que por muito que uma pessoa tente não olhar é impossível!!
Abraço doce
E tem cuidado com os decotes!!
Sairaf :P

A Minha Essência disse...

Estou convicta que esta (entre outras) situações numa mulher é algo que é nato ou não. Depois tem quem é inteligente e sabe tirar partido como também quem não. Simples. ;)

Kiss

hierra disse...

Foi como o da Rita Pereira nos Emmys, usa um decote descomunal e dp põe as mâos à frente do decote para disfarçar e depois passa o director da TVI que pensa que está meio mundo distraído e dá uma bela de uma miradela no decote que felizmente todo o Portugal viu! Há que ter um certo estofo para usar um decote, sobretudo daqueles mais ousados :)

Cláudia Matos disse...

Ahahah gosto da tua maneira de escrever, entusiasma ;p
Decotes, olha, eu por exemplo não gosto de vestir, lol.
Bejinhos

'Mimi disse...

Decote é das coisas mais bonitas que uma rapariga pode usar :)

S* disse...

Sou fã dos decotes meio termo. Cair em vulgaridades parece-me desnecessário.

Anira the Cat disse...

Gosto de usar decotes, mas sem cair na vulgaridade... ligeiramente provocador cai sempre bem.

Bjokas

Blair Randall disse...

Gosto de decote, de vestidos curtos, de mini-saias, de calções mas tudo com peso e medida!

Não acho giro usar decote e mini-saia num só "outfit" ainda se inventam de usar saltos altos, fica vulgaríssimo!
Tenho pena que as mulheres ainda não tenham percebido que é muito mais bonito deixar algo p'ra imaginação masculina, do que mostrar tudo duma assentada...
Digo isto pelos trajes vulgaruchos que vi na festa do carnaval :)

xoxo*

Blair Randall disse...

e o mesmo digo dos homens que metem fotos sem t-shirt ou de boxers no FB...acho horrendo por mais giro ele possa ser!

Também gostamos de imaginar o que estará por baixo da t-shirt ;)

xoxo*