quinta-feira, 7 de abril de 2011

Quem tem?


Facto: O país está à beira da bancarrota.

Responsáveis: Maus governos sucessivos que aplicaram políticas desastrosas contínuas, tudo em prol das promessas aos amigos e patrocinadores, dando umas migalhas falsas aos restantes.

Tentativas: Os políticos corruptos e bonacheirões do costume tentam fazer de conta que sabem governar e aplicam PEC’s, cujas consequências afectam os mesmos, aqueles que já pouco tem, mas têm o suficiente para pagar o desgoverno e a manutenção das regalias escandalosas e dos tachos.

Resultado: O buraco é grande de mais e aquilo que sobra, os despojos, são disputados pelos dois maiores partidos, prometendo os mesmos mais austeridade, mas nunca falando em reformas estruturais de fundo e muito menos em meter os responsáveis deste regabofe na cadeia.

Consequências: É preciso vir alguém de fora para por ordem nas contas públicas, ordem nas políticas do governo, ordem nos políticos, ainda que não faça uma purga, acaba por tecer medidas que afectam não apenas uns, como se verificava até aqui, mas todos. Os políticos recusam-se ao início, cerram os dentes e dizem "nunca", mas no exterior já ninguém acredita neles, por isso não têm outro recurso senão estender a mão ao mesmo tempo que maquinam na melhor forma de conseguirem aproveitar a ajuda em seu benefício próprio.

Assim sendo a pergunta que faço a cantar é:

QUEM TEM MEDO DO FMI, DO FMI , DO FMI?
QUEM TEM MEDO DO FMI,  DO FMI, DO FMI?





4 comentários:

'Mimi disse...

O pior do FMI é que eles vêm, põem as coisas em ordem e depois entregam aos MESMOS políticos.

Só falta o cartão "Caso voltem a estragar tudo, por favor contactem xxx xxx xxx ;)"

Será que à terceira é de vez?!

ADEK disse...

Vamos ver como corre...

A Minha Essência disse...

Risos... só rir para não chorar!! Oh céus!

Kiss

Psiuuuu!!Sou eu! disse...

Penso que a classe politica é que mais medo tem, porque agora sim, também vai tocar a eles e não só ao zé povinho, é impressionante como eles literalmente não querem saber do país para nada ou melhor do povo, só querem mesmo assegurar belos ordenados, reformas, regalias e patrocinar trabalho para quem lhe convém...
Além do FMI precisavamos de por TODOS os que se dizem politicos ou tem essa função no papel na rua e começar do zero com pessoas honesta... Ok, foi um momento de pura ilusão...