quarta-feira, 25 de maio de 2011

Da inveja

Digam o que disserem, de forma directa ou indirecta, a felicidade alheia incómoda muita gente. E mais notório isso se torna quando se tenta negar que não, procurando-se dar a volta à conversa para se justificar aquilo que não passa de pura inveja, de ciúme ou simples cobiça. Acredito que existem aqueles para quem o que os outros têm nada influência o seu estado de espírito ou toma conta dos seus pensamentos, não ficando a desejar encarnar a vida alheia sejam quais forem os motivos, mas o certo é que é difícil de evita-lo, embora a maioria se tenha tornado mestra em esconder ou ludibriar qualquer um desses sentimentos. Contudo há também o outro lado, os que gostam de ser cobiçados, aqueles que tudo fazem para dar nas vistas, para incutir aos outros a mais pura das invejas, fazendo da mesma uma espécie de chapada que se dá na cara e tudo para encher os egos tristes e pequenos dos mesmos. Creio que invejar a felicidade alheia é tão natural como ter fome, podendo até ser usado para nos inspirar a conseguir atingir os nossos próprios objectivos, muito embora tal também possa dar origem ao mais vil dos crimes. Aquilo que para mim não me parece natural são exactamente esses que vivem inspirando o ciúme aos outros, muitas vezes sob uma capa espessa de falsidade e mentira, dada que tantas vezes a sua única aspiração não é ser invejado, mas sim destruir o pouco que os outros têm, retirando-lhes para isso as certezas e vendendo-lhes uma realidade carregada de ilusões, somente para os verem tropeçar e cair, embora em alguns casos, felizmente, se vire o feitiço contra o feiticeiro.

5 comentários:

Olívia Palito disse...

Excelente post. ;)
Há aquelas pessoas que invejam o pouco ou muito que os outros têm, da mesma forma que existem os outros/as que como dizes e bem, tentam provocar essa inveja nos outros. Enfim, as pessoas são complicadas de se entenderem. É o que digo. ;)

Beijo meu amigo. Tem um óptimo dia. ;)

Utena disse...

Mais uma vez um texto magnifico!
A inveja é boa quando nos leva a seguir um caminho que nos faça também alcançar um sonho caso contrario corroi... destroi e aniquila qualquer sentimento que exista!
Beijinho (sem ser invejoso =))

hierra disse...

Eu acredito que há uma inveja saudável e outra que é mto pouco saudável...desses quero é distância

Benedita disse...

Fantástica a tua exposição!
E o pior, é que este tipo de gentinha prolifera! E como!!!

GATA disse...

Eu já sofri na pele a inveja alheia. A estupidez cega essa gentalha, que vê apenas o lado bom da minha vida, jamais o lado mau!