sábado, 21 de maio de 2011

Do amor #2

O amor sente-se, ponto final.

O problema surge depois, no que fazer a seguir a esse ponto final, assumi-lo como um fim por si só remetendo o futuro para o silêncio ou prosseguir com outra frase quando tudo o que se sente está contido na primeira. O ponto final pode ser conclusivo, mas a seguir ao mesmo podem nascer universos de palavras, frases, textos, parágrafos inteiros, capítulos ou um livro completo e no momento em que nos apercebemos disso começam os problemas.

9 comentários:

hierra disse...

Sábio, como sempre...

L'Enfant Terrible disse...

hierra

Antes fosse...

Dança dos Dias disse...

Experiência é sapiência. Ou o vulgo "calo". Faço colecção deles.

W a l k e r * disse...

tao verdade..

100 remos disse...

Ponto final ;)

Eva Gonçalves disse...

O ponto final decorre de tudo ter sido preâmbulo até então... e simultaneamente, do objectivo a manter... :)O amor, existe e sente-se... ou não... Beijo

Pinkk Candy ♔ disse...

problemas, eis a palavra chave.

o amor é complicado (...).

+++

Autora de Sonhos disse...

...problemas, sim, os que exigem equilíbrio/balança, que pesam a razão e o coração...
...isso

Autora de Sonhos disse...

...problemas, sim, os que exigem equilíbrio/balança, que pesam a razão e o coração...
...isso