domingo, 8 de maio de 2011

Do sexo e do amor

Embora se entrecruzem e estejam ligados, na maioria das vezes as diferenças entre os dois é grande. No entanto muitos querem apenas sexo, mas para tal desculpam-se com o amor para o conseguir, ao passo que outros inicialmente querem sexo, mas depois acabam por se deixar prender nas teias do amor sem que as mesmas tenham sido desejadas. Poder-se-ia criar uma regra à partida, mas na vida a única regra que há é viver e arriscar, depois resta saber como lidar com as consequências das nossas acções ou inacções e consoante as mesmas podemo-nos tornar mais felizes ou infelizes, sem nenhuma garantia ou indicação de qual o melhor caminho para tal.

7 comentários:

Girl in the Clouds disse...

Isso é verdade, não há regras cada caso é um caso, só vivendo é que se sabe!! kiss

Eva Gonçalves disse...

Ora aqui está um post teu com o qual concordo em absoluto... é isso mesmo. Bom resto de Domingo

Isis disse...

Gostei de ler e concordo. Beijo

Fábio Paulos disse...

gosto do texto, nunca sabemos muito bem o que nos acontece, é preciso deixar correr e esperar pelo resultado. Mas o sexo não é tudo numa relação, é preciso também amor, pelo menos eu penso assim.
abraço

hierra disse...

É verdade, só vivendo e errando se consegue algo...e depois superar de algo, se for o caso!

Blair Randall disse...

Concordo tanttooo...mas acho que a regra é viver e ponto final, porque arriscar depende muito de cada um! :)

xoxo***

Sairaf disse...

Escreves com cada coisa que fico sempre a pensar nelas, mexem com o mais intimo de mim!!
Abraço doce
Com carinho
Sairaf