domingo, 29 de maio de 2011

Veneno de cobra

Qual não é o meu espanto quando à saída do Vasco da Gama vejo numa tabanca em letras garrafais a seguinte frase:
- CREME VENENO DE COBRA.
Aproximei-me, não fosse estar a ficar com falta de vista e confundir a palavra “veneno” com a palavra “banha”! Sim porque sempre ouvi falar de vendedores da “banha da cobra”, de “veneno de cobra" nunca! Aparentemente trata-se de um creme para a pele e logo de cobra, bicho pelo qual nutro amores profundos e pavores ainda maiores. Resta saber se alguém vai na conversa, porque para mim de “veneno” a “banha” a diferença não deve ser muita, pelo que só se deixa enganar quem quiser!

[Se isto pega começam as madames do Jet-7 a andar com serpentes ao pescoço em vez de lontras ou castores mortos, a ver se picam para manterem a expressão da juventude... e com um bocado de sorte vendem-lhes, em vez de víboras, constritoras e dessa forma não haverá certamente velhice que lhes pegue!]

8 comentários:

Benedita disse...

Epá, mas isso apela?
Argh! Já a moda da "Baba de Caracol" me deu um pouco a volta ao estômago, e agora "Veneno de Cobra"?
What's next?
"Escórias de Morcego"?
For Good Sake...

*B* disse...

Veneno, Enfant?! Tu estavas sóbrio?! Tu tens a certeza?! VENENO?!

Uuuuuuuui!

;p

L'Enfant Terrible disse...

*B*
Não só estava sóbrio como numa busca rápida pela net descobri que aquilo parece ser a "nova" banha da cobra contra as rugas!

hierra disse...

Meu caro, deve ser como o de ' baba de caracol' só com a diferneça de que o caracol é bom com cerveja no verão e a cobra não...se evitar o envelhecimento e as rugas( n que eu tenha) eu compro!!!!

Blair Randall disse...

hahahaha...mas isto agora há de tudo, baba de caracol, veneno de cobra, se calhar há ranho de crocodilo. Tudo serve para a juventude eterna!

eu cá contento-me com protector solar :)

xoxo****

Eva Gonçalves disse...

Concordo contigo... entre o veneno e a banha, não deve haver grande diferença...

*B* disse...

Estou incrédula!

GATA disse...

Eu não preciso desses cremes! Durantes anos convivi com umas senhoras cobras e levei tantas picadas das ditas que, com tanto veneno, eu devia estar mais esticada que a Betty Grafstein!!!