sexta-feira, 17 de junho de 2011

"Bailos"

Por conta dos santos populares tenho um (como diz uma amiga minha) “bailo” aqui ao pé de casa. Ele é música pimba até às tantas, o barulho de gente a passar e carros a ir e a vir num frenesim constante. No ano passado o “bailo” acabou por volta das 23 horas, apenas umas duas horas após ter começado, com uma dúzia de indivíduos de mãozinhas na parede e perna aberta enquanto eram revistados pelo corpo de intervenção da PSP armado até aos dentes e eu, cá ao longe, da janela, a ver o espetáculo. Então sim, foi o meu momento de fazer a festa! Só gostaria era de ter oportunidade de repetir o evento este ano.

6 comentários:

Olívia Palito disse...

Seu sádico! :D :D

Bom fim-de-semana pá! Beijo*

Cláudia Matos disse...

Ahahah gostei da observação!

Sairaf disse...

Ui, que ele hoje está zangado com o "bailho"!!!
Abraço doce
Com carinho
Sairaf

Utena disse...

Então moço Terrible deixa a malta "bailor" =)

hierra disse...

:) Pois, esse foi giro...é preciso recriar os santos populares!

GATA disse...

Na minha terra não há bailes perto da minha casa, graças a Bastet!