segunda-feira, 27 de junho de 2011

Dimensões


Existem coisas grandes, médias e pequenas. No entanto a dimensão de cada coisa é sempre relativa. Para alguns o que é grande para outros é pequeno assim como para uns o que é pequeno é médio ou grande ao passo que para outros é totalmente o oposto. Normalmente quem está dentro vê de uma forma, sente de uma maneira, perdido que está na conjugação de algo que à vista de outrem não tem razão de ser, não tendo tal coisa dimensão para tanto fazendo com que se abane a cabeça por não conseguir fazer ver isso ao outro. Estar de fora seria um exercício que todos deveriam ser capazes de fazer para assim tentar percepcionar na devida dimensão algo no momento em que tal é visto, sentido, tido e achado e não no depois, quando já nada há a fazer, porque o tempo funciona ele próprio como outrem que redimensiona tudo, pelo que o que sobra é apenas um complexa equação, sem uma solução única, mas sim com várias, uma por cabeça que pondera sobre tal. Deste modo uma dimensão, qualquer que seja, raramente é percepcionada de forma correcta, embora surja sempre uma certeza absoluta em quem a observa, pelo que a verdadeira dimensão entra-se assim fechada no próprio objecto.

3 comentários:

GATA disse...

Por exemplo: eu acho que a minha 'dimensão corporal' aumentou, mas os amigos dizem que não preciso de dieta, preciso é mudar de lentes... :-)

hierra disse...

Eu tenho uma amiga que tem pouco mais de 1,50m e eu tenho mais de 1,70. Uma vez estava eu a falar-lhe de um rapaz e ela dizia que era assim alto, eu dizia que conheço um assim mas baixo e ali estivemos um bom bocado até percebermos que falávamos da mesma pessoa...é verdade que a dimensão é relativa, muito relativa e não só em termos práticos como este

Utena disse...

A visão altera consoante somos...
Pequeno grande texto o teu