domingo, 10 de julho de 2011

Alterações

Há quem diga que devemos mudar alguns aspectos da nossa atitude, depois há também quem diga que nos devemos manter fiéis a nós próprios e manter a nossa personalidade. Fazer mudanças é difícil e em casos extremos acaba por ser mesmo impossível, só é possível quando não forçamos tal, porque as mesmas operam-se a um nível subconsciente levando tempo até se fazerem sentir. Mantermo-nos sem alterações é positivo, mas também negativo, quando alguns dos nossos componentes são defeituosos carecendo de melhoria, mas a teimosia ou a falta de esforço traduz-se por isso num estagnatismo cujas consequências podem não ser animadoras. No meio de tantos conselhos e perspectivas a única conclusão a que chego é que a vida é totalmente contraditória e mais vale não pensar muito nisso, embora acaba-se sempre por pensar mais do que mudar ou manter propriamente alguma coisa.

4 comentários:

Girl in the Clouds disse...

Temos que ir mudando para evoluirmos, acompanharmos a mudança!! Mas, preservando o eu!!

Anira the Cat disse...

O ramo inflexível, perante o vento forte, quebra. O flexível pode até moldar-se, mas não perde a sua essência.

Bjokas

GATA disse...

Eu estou em constante mutação, mas não melhoro, só pioro... :-)

Alice disse...

a tua frase em que dizes que só mudamos se não nos esforçarmos a tal deixa-me irrequieta. de onde foste buscar essa ideia?

eu quero mudar uma data de coisas, e sei que para mudar tenho de ter muita força de vontade. tu não me tires as esperanças...

**