sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Constatação #33


A linha que separa aquilo que nasce da inspiração daquilo que nasce do raciocínio é muitas vezes difusa, mas o que daí resulta, vindo de uma fonte ou de outra, é perfeitamente distinto.

5 comentários:

Utena disse...

Mas em certos casos até se complementam

hierra disse...

e ambas as fontes são absolutamente essenciais!

A Minha Essência disse...

Fundem-se.

:)

Eva Gonçalves disse...

Faço minhas as palavras da Utena!! :)Beijo e bom fim-de-semana!

salto para a lua disse...

entre a inspiração e o raciocínio, continuo a preferir tudo o que resulta do simples...trabalho.