sexta-feira, 4 de novembro de 2011

As certezas da vida

Na vida o que é certo é o seu término, pelo que é no que medeia o início e o fim que residem todas as incertezas e talvez seja isso que a vida seja somente afinal, uma certeza sobre todas as incertezas. Mas ao mesmo tempo parece ser tão difícil perceber o quanto a incerteza é cinzenta, sendo que a sabedoria se encontre talvez, não em olhar esse aspecto como algo negativo, mas sim como algo tão maravilhosamente agridoce, isto somente se soubermos apreciar tal tempero.

3 comentários:

GATA disse...

Sim, o seu término (que palavra linda!) é certo, só não se sabe quando, onde e como... :-)

verde tangerina disse...

...é como o sumo da tangerina.

Utena disse...

nada como uma incerteza para dar sal a vida