terça-feira, 8 de novembro de 2011

Presentes natalícios

Estou cá desconfiado que os únicos artigos que vão ter um aumento de vendas no Natal que se avizinha vão ser as meias e as cuecas. É que com toda esta crise e a redução drástica dos rendimentos da maioria dos portugueses velhas tradições ganharão decerto novo fôlego, como oferecer a tradicional indumentária interior. É verdade que não requer muita imaginação, mas tem vantagens no preço e na utilidade, da mesma forma que aqueles que sempre gozaram ou torceram o nariz a tal presente decerto vão ficar muito agradecidos, porque nos tempos que correm os buracos aparecem rápido e é sempre preferível ter para troca do que andar nú, já que costurar poucos sabem e os remendos notam-se!

7 comentários:

hierra disse...

Olha, pode ser que, este seja um natal mais de afectos do que de consumo, acho que há males que vem para bem!

Pretty in Pink disse...

Ahahaha cá para mim as meias da raquete vão voltar a ser um hit de moda nos próximos anos, principalmente no aumento das vendas no natal ;)

A Minha Essência disse...

Beijinhos-abracinhos-miminhos são mais do que basta para encher uma sala! Calor humano é melhor que ilusão óptica de prendas. Sem falar que no final, as pessoas ficam deprimidas pelos bolsos vazios e amargas pela falta de carinho, sincero!

Utena disse...

Só tu para me pores a rir

Mnemósine disse...

Há muita coisa útil que podemos oferecer, sem ser tão sem graça. Desde consumíveis a quem só queremos dar a chamada "lembrança" até artigos de grande utilidade àqueles a quem podemos dar algo melhor. Com o tempo que tem estado, chapéus de chuva também não são má ideia.

GATA disse...

Errr... Prendas de Natal? Há muitooosss anooosss que não dou para esse 'peditório'!

Nanda disse...

Nunca é demais umas meias ou cuecas:-) elas se gastam com o uso, e nos tempos que correm não se pode gastar muito em prendas mais caras.A intenção é que tem valor não o valor material.
O Natal deveria ser visto como um momento onde as pessoas se reunem com os amigos e familia e passarem momentos agradáveis e harmoniosos.
Abraço