segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Dos sonhos #3

Se há momentos felizes são aqueles em que se sonha com impossibilidades, com coisas que até podem ser passíveis de vir a ter ou realizar, mas cujas distâncias são cósmicas e as probabilidades de acontecerem são de uma em um bilião. Ainda assim as impossibilidades levam-nos para outro lugar, para outro mundo, mesmo sabendo que tudo não passa de uma ilusão conscientemente criada não deixa de nos fazer esquecer a realidade, permitindo ao mesmo tempo um longo e reconfortante suspiro antes de se olhar para uma realidade que tantas vezes pouco tem de sonhos realizados, ao mesmo tempo que se encontra minada com tantos obstáculos.

3 comentários:

GATA disse...

Há muito tempo que deixei de ter sonhos, pois já tinha um 'arquivo morto' com tantos...

Utena disse...

Viver o sonho sabe tão bem

A Minha Essência disse...

Não se paga (ainda), sonhar.