sexta-feira, 8 de junho de 2012

Losing Ctrl

Ninguém gosta de perder o controle, mas todos ameaçam que um dia isso pode vir a acontecer, seja em que situação for, seja em que momento for, o vislumbre que se pode deixar de ter a faculdade de nos guiarmos a nós próprios por um momento que seja é algo tentador, é algo que pode deixar mazelas irreparáveis, mas de alguma forma justificadas, avisadas por tantas vezes o ameaçarmos. Mas a pior perda de controle não é aquela que constantemente avisamos, não é aquela que explode dentro de nós e anunciamos ao mundo, é sim algo silencioso, sinistro quase, que se infiltra e revela nos nossos pequenos gestos, nas nossas decisões, aquelas que tomamos sem pensar muito, colocando os nossos olhos a olhar para um horizonte que antes nem sabíamos que podia existir, apenas o podíamos pressentir sem nunca tecer um pensamento elaborado sobre o mesmo. Perder o controle é difícil mas fácil de anunciar, complicado porém é dominarmo-nos ainda mais quando acontece o inesperado, aquilo que nunca sonhámos vir a acontecer.

Sem comentários: