quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Singular e plural


Há coisas que só fazem sentido no plural, outras somente no singular, tantas mais gostaríamos de fazer em plural, outras igualmente no singular e conjugar ambas as formas revela-se tantas vezes  difícil ou porque não estamos habituados a vivê-las de outra forma, ou porque não queremos abdicar uma parte para que se possa viver de outra. Costuma-se dizer que singularmente tudo é mais fácil dado que a unidade tem apenas uma opção de escolha, a sua, contudo o singular é limitado, não pode ir muito além de certos parâmetros, ao passo que o plural tem mais dimensões, tem mais vértices, tantos que por vezes aglutinam o próprio singular. Uma forma ou outra tem as suas vantagens e desvantagens, mas o que será realmente vantajoso é conjugar ambas, ser singular e plural ao mesmo tempo, sabendo equilibrar o uno e o múltiplo, o que por si só é tão difícil como ser somente singular ou plural.

1 comentário:

GATA disse...

...cada vez mais singular e menos plural...