quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Coisas só nossas

Existem coisas que são só nossas, que apenas vivem na nossa âmago, na nossa memória e pensamento. Coisas que não podemos partilhar, não porque por vezes não o queiramos fazer, mas sim porque as conseguimos tornar inteligíveis aos outros e por vezes até a nós próprios, visto que as tais são acima de tudo algo abstracto, pouco concreto, indecifráveis, impossíveis de por palavras de modo inteligível já que podem ser expressas num conjunto de fragmentos, os quais dificilmente se conseguem conjugar.
Há coisas só nossas que apenas podemos sentir e talvez por isso seja tão difícil de as compreender do mesmo modo que é complicado carrega-las dentro de nós, pois são mistérios cuja razão e solução teimamos em não conseguir saber ou encontrar.

4 comentários:

S* disse...

Há coisas que por mais que queiramos explicar, só nós entendemos.

Alexandra disse...

Estas palavras podiam ter sido escritas por mim e o bem que me fizeram, só Deus sabe! Quando vivemos determinadas coisas na nossa vida que são difíceis de transportar, de partilhar... afinal, existem detalhes que são apenas nossos, crenças, valores, desilusões... tantas coisas! Enfim, as palavras valem o que valem e estas que li para mim valem muito...

obrigada pela partilha!

beijo!

Utena disse...

São o que fazem de nós aquilo que somos

GATA disse...

Com a idade e avida tornei-me mais reservada e custa-me imenso partilhar as minhas coisas - sejam boas ou más: as boas, porque tenho medo da inveja (que já sofri na pele!); as más, porque muitas vezes as pessoas não entendem.