terça-feira, 25 de setembro de 2012

Dois lados



Em tudo na vida há dois lados. Um lado bom outro mau. Um lado positivo outro negativo. Um lado à direita ou à esquerda. Um lado que por vezes optamos quando deveríamos optar pelo outro. Um lado que não optamos ficando depois a pensar o que teria sido se o tivéssemos feito. Nem sempre se pode escolher um de dois lados. Nem sempre vemos dois lados, por vezes vemos mais do que dois e até mesmo a sua negação que se sintetiza na forma do uno a qual é sempre tão difícil de compreender, mas também é tão rara de se encontrar. Na maior parte das vezes percebemos a existência de dois lados na medida que os mesmos se opõem, digladiam-se, vivem e morrem somente devido à existência um do outro, sendo que só nessa perspectiva existem. Mas nem sempre dois lados são antagónicos, nem sempre são a noite e o dia, sendo por vezes apenas duas singularidades distintas, duas naturezas que não se opõem, coexistindo antes num mesmo universo que nem sempre é de fácil compreensão para aqueles que o observam e se olham como sendo parte dele.

3 comentários:

Alexandra disse...

É o principio do YIN e YANG... a polaridade sem se ser bipolar... enfim, a nossa constituição no seu estado mais puro!

beijo e vou seguir este espaço...

Utena disse...

Saber viver com elas é o ponto para se saber ser feliz!
A beleza da polaridade é saber que as escolhas são tuas independentemente do caminho que se deparar na tua frente.

Beijo

GATA disse...

Eu tenho medo das minhas escolhas, porque parece que faço sempre a escolha errada.