quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Da vida #2



Para o bem ou para o mal, na vida nada se repete, muito embora certas coisas parecem soar a repetição, quiçá, a dejá vú, mas são sempre algo diferente daquilo que aconteceu antes, quando muito são parecidas, mas nunca iguais. Tantas vezes desejamos que algumas coisas se repetissem e se tornassem eternas para nos deixarem com um sorriso nos lábios e a felicidade perpetua no rosto, sendo que outras vezes desejamos que certas coisas não voltem a acontecer e para nosso mal algo de parecido volta para nos assombrar, tirando-nos toda a motivação empurrando-nos para um lugar de onde só com muita dificuldade se repete. Desta forma haverá sempre inconstância na nossa vida e os nossos desejos no que a isso diz respeito dificilmente são atendidos, pelo que nos resta viver apenas e só com a certeza que nada volta igual por muita vontade que possamos ter.

4 comentários:

hierra disse...

eu por acaso, por vezes acho que a vida se repete muito! Que parece andar em círculos.

A Minha Essência disse...

Sim, nada é igual. Em nada! Quem achar o contrário está-se a enganar. Até mesmo quando fazemos de propósito e tentamos repetir, nunca o conseguimos. E porquê? Porque depende essencialmente da espontaneidade do momento e isso, não se consegue duas vezes.

S* disse...

A vida nunca pára, mesmo quando parece estagnada.

GATA disse...

Na vida nada se repete? Jovem??? Olá??? Então: despertador a tocar às 6 da manhã, duche, veste, despe, raios nada me fica bem, ai credo 'tou tão gorda, veste, PA, transporte, trabalho, blá blá blá...