quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Do autoconhecimento



É bom conhecermo-nos a nós próprios mas quando temos demasiada consciência do que somos surgem mais dúvidas do que certezas, as quais operam dentro do nosso espírito a fim de destabiliza-lo sem nunca termos paz ao ponto do mesmo transformar-se numa massa indefinida e pouco concreta.

3 comentários:

Sairaf disse...

Então e quando nos conhecemos o suficiente e alguém nos diz que ainda não sabemos o que queremos??
Essa massa definida e concreta torna-se insegura e começa as questões!!!
Abraço doce
:)

hierra disse...

Eu acrescento o auto-conhecimento e a auto crítica porque acho deprimente ver pessoas criticarem outras por não trabalharem por não se esforçarem, sendo elas uma preguiçosas de primeira apanha, e este é só um dos exemplos que tenho presente em que o auto-conhecimento e a auto crítica evitavam o rídiculo da pessoa...

GATA disse...

Eu conheço-me q.b., pois não sei do que sou capaz... tanto para o bem como para o mal.