quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

O positivo

O positivo, o afirmativo, não aparecem do nada, não se geram por geração espontânea, nem somente pela força do pensamento. Precisam de um substrato, de uma faísca, uma fagulha ínfima que seja para lançar a explosão daquilo que se pode transformar em algo que nos anime, que nos faça erguer a cabeça para seguir em frente. Mas para muitos são como uma peça de vestuário, que se veste e despe, sendo que apenas esse gesto basta para alterar o que quer que seja, pelo menos na cabeça de quem não está num determinado cenário, num determinado ambiente, tempo e espaço encontrando assim solução fácil para o que, muitas vezes, tem resposta simples, mas é de difícil execução.

3 comentários:

GATA disse...

Neste momento, o meu 'substrato' é o Bisolvon! até ronrono! :-)

A Minha Essência disse...

Regra geral, temos sempre tendência para ir-mos por caminhos bastante sinuosos. Incrível!

S* disse...

Eu sou uma pessoa positiva e tento ver sempre o lado bom das coisas.