segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

Ser e não ser



Primeiro não somos, depois percebemos que podemos ser, porque igualmente somos mas sem ser e numa altura em que nunca se foi tal causa estranheza mais aos outros do que a nós próprios.

2 comentários:

A Minha Essência disse...

Uma caixinha de surpresas, portanto. Assusta-me pessoas assim, confesso.

S* disse...

É tudo uma grande confusão.