quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Ideias antecipadas



Fazer ideias antecipadas é uma tentação irresistível, mas que acaba por se transformar em algo amargo no momento e altura próprios. Contudo fazemo-lo, como que impelidos por esse desejo forte, o qual tentamos conscientemente controlar para inconscientemente alimenta-lo, originando-se assim um crise que nada de bom trás. A solução parece simples, é não pensar, é não tecer ideias, é arranjar outra coisa qualquer que distraia. Fosse fácil todos o fariam poupando-se assim a tantos amargos de boca, a tantas frustrações, mas quando o conseguimos fazer acaba-se por ficar com a sensação de vazio, de sabor pela metade, como se aquilo que é especial fosse normal, sem gosto ou nada que valha a pena recordar. Isto para não falar que mesmo sem pensar muito, nem tecer ideias a frustração acabe por se dar na mesma, nesse caso então sorvemo-la a seco, como algo inesperado e de alguma forma injusto.

5 comentários:

hierra disse...

Se souberes como executar isso de não pensar, de não ter expectativas e por aí em diante, ensina-me please, que eu tento tento, mas não consigo e é uma seca!

L'Enfant Terrible disse...

Isso queria eu saber também!

A Minha Essência disse...

É quase que engolir em seco um caroço enorme.

S* disse...

Evito ao máximo sofrer por antecipação... para o bem ou para o mal.

Laura Santos disse...

Estaremos sempre condenados ao pensamento, mesmo que não queiramos.