segunda-feira, 29 de julho de 2013

Constatação #72


Há quem goste de se servir e quem goste de ser servido. A diferença parece um mero jogo de palavras, mas define em muito tudo o que alguém é ou não é. E se bem que a mesma pessoa pode ter ambas atitudes, nunca as terá perante os mesmos cenários, sendo que assim se obterá a essência da personagem.  

2 comentários:

hierra disse...

Eu gosto de ambos pronto!

GATA disse...

Eu não gosto de servir nem de ser servida. Mas no segundo caso, abro uma excepção: um chauffeur! Adorava ter um chauffeur! :-)