sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Possível e impossível

O impossível queremos sempre, de alguma forma, nem que seja em sonhos, mas, como sabemos, nunca o vamos obter, ou se tal acontece só mesmo de alguma forma praticamente milagrosa mas pouco provável. Por isso dedicamo-nos ao possível, mas dentro do possível há também o impossível, porque muitas vezes este último mascara-se de possível somente para nos iludir. Dessa forma nem sempre aquilo que pensamos ser possível o é verdadeiramente. Logo só é possível aquilo que conseguimos verdadeiramente, não aquilo que pensamos à partida ser, porque tal poderá mesmo ser apenas e só mais uma forma de impossibilidade. 

2 comentários:

S* disse...

Oh, não devemos sonhar com milagres.

GATA disse...

Há impossíveis que eu gostaria de ter mas tenho consciência que nunca terei.